Menu Suspenso

quinta-feira, 23 de julho de 2015

(00) Sejam Bem-Vindos ao "Hebreu Negro"! Vamos falar sobre a linhagem genética do povo da bíblia.

Começo por explicar que o nome do blog surgiu por impulso, quando conheci a teoria do Jesus africano, e eu não pretendo representar nenhuma igreja ou religião, e se alguém quiser sugerir outro nome, aprecio sugestões.

Eu gosto de pessoas de todo tipo, credo, cor da pele, humor, visão política ou opção sexual, portanto, sejam todos bem-vindos!

Sobre o primeiro assunto, pesquisa (do ScienceDaily) traz o seguinte:

 “Usando sofisticada análise genômica, cientistas têm sondado a ascendência de várias populações de judeus e não judeus e definido melhor o parentesco do povo judeu contemporâneo. A pesquisa pode lançar luz sobre a questão, levantada pela primeira vez mais de um século atrás, se os judeus são uma raça, um grupo religioso ou qualquer outra coisa.” Texto retirado do blog do laitman.com.br. Título: De onde vêm os judeus?

Ou seja, quem é judeu? Qual a importância de saber quem é ou não é um judeu?

Notem que eu não pretendo de jeito nenhum elaborar um texto argumentativo, comprobatório do que quer que seja, até porque falta-me tempo ou conhecimento, quando muito, eu vou citar algumas informações que falam dos antigos israelitas, sobre os antigos hebreus ou judeus. Para isso irei utilizar alguns textos religiosos e coisas relativas aos estudos das civilizações antigas e origens da humanidade, de forma que o leitor possa pesquisar, cruzar os dados, usar os escritos antigos, autores clássicos, mitologia, arqueologia, antropologia, religião e genética ou seja lá o que for, para obter um conhecimento intrigante.

Para começar então, com o pé direito, vamos citar o livro de Flávio Josefo -"A História do Hebreus" - que traz o seguinte, a respeito dos primeiros homens civilizados da Terra:

"...o homem foi chamado Adão, que em hebreu significa "ruivo", porque a terra de que ele foi formado era dessa cor (vermelha? marrom?), que é a cor da terra natural e a qual se pode chamar virgem...e Moisés narra em seguida como Deus plantou um jardim do lado do oriente. O jardim era regado por um grande rio, que o rodeava completamente e se dividia em quatro outros rios. O primeiro desses rios, chamado Pisom, que significa "plenitude" e ao qual os gregos chamam Canges, corre para a Índia e desemboca no mar. O segundo, que se chama Eufrates e Fora, em nossa língua, significa "dispersão" ou "flor", e o terceiro, a que chamam Tigre ou Diglath, que significa "estreito e rápido", ambos desembocam no mar Vermelho. O quarto, de nome Giom, que significa "que vem do oriente", é chamado Nilo pelos gregos e atravessa todo o Egito."

Eu achava que o significado de Adão era Homem. Enfim, na cabala, o nome de Deus contém 4 letras YHWH, e também fala das 4 raças da humanidade, que seriam: preto, vermelho, amarelo e branco?

A continuação do livro de Josefo cita o filho de Adão, Caim, que recebeu uma marca depois que matou seu irmão Abel, a qual, eu particularmente até hoje não sei que marca é. Cogitaria dizer que trata-se do egoísmo humano, do ego, porque na Torá nenhum texto é literal e o ego é o que nos separa de Deus, do amor. Algumas religiões por usarem o texto sagrado de forma literal cometem erros, elas acham que a marca de Caim é a pele negra.

Josefo continua falando a respeito de Caim:

"Ele foi o primeiro a estabelecer limites para a divisão de propriedades e construiu uma cidade. Chamou-a Enoque, nome de seu filho mais velho, rodeou-a de muralhas e a povoou. Enoque teve por filho Irade, Irade gerou Meujael, Meujael a Metusalém e Metusalém a Lameque. Lameque teve setenta filhos de suas duas esposas, Zilá e Ada, um dos quais, de nome jabal, filho de Ada, foi o primeiro a morar embaixo de tendas e de pavilhões, levando uma vida de simples pastor. Jubal, seu irmão, inventou a música, o saltério e a harpa. Tubalcaim, filho de Zilá, sobrepujava a todos os outros em coragem e força, e foi grande comandante. Nesse entretempo, enriqueceu e serviu-se de suas riquezas para viver ainda mais suntuosamente do que até então. Ele inventou a arte de forjar e teve apenas uma filha, de nome Naamá."

Note que através destes textos dá pra imaginar como a humanidade vivia, quando começaram a surgir as primeiras civilizações, a agricultura, etc.

Josefo continua a contar a saga bíblica:

" ....Como os seus filhos haviam sido informados por Adão que o mundo pereceria pela água e pelo fogo, o medo de que essa ciência se perdesse antes que os homens a aprendessem, levou-os a construir duas colunas, uma de tijolos e outra de pedras, e sobre elas gravaram os conhecimentos que possuíam. Se um dilúvio destruísse a coluna de tijolos, ficaria a de pedras, para conservar à posteridade a memória daquilo que haviam escrito. A previdência deles deu bom resultado, e afirma-se que a coluna de pedras pode ser vista ainda hoje, na Síria."

Nessa época, parece que existiam duas raças distintas: a descendência de Sete e a de Caim. Ambas eram distintas em caráter, resta saber se eram diferentes quanto à cor da pele deles. Isso faria alguma diferença para você? Lembrem-se, o texto bíblico jamais é literal, ele aponta para coisas não materiais, então?

...Depois do dilúvio, a arca de Noé repousou no monte Ararate:

“...os armênios chamaram a esse lugar Descida ou Saída, e os seus habitantes apontam ainda hoje alguns restos da arca. Todos os historiadores, mesmo os bárbaros, falam do dilúvio e da arca, dentre outros Berose, caldeu... Os três filhos de Noé, Sem, Jafé e Cam, nascidos cem anos antes do dilúvio, foram os primeiros a deixar as montanhas para morar nas planícies, o que os outros não ousavam fazer, assustados ainda com a desolação universal causada pelo dilúvio". Flávio Josefo.

E então, estes três filhos de Noé representariam três raças?

Só sei que surgiu a Torre de Babel com a sua confusão de idiomas...

Josefo relata:

...Hestieu também fala do campo de Sinar, onde Babilônia está localizada: "Diz-se que os sacerdotes que se salvaram dessa grande catástrofe com as coisas sagradas, destinadas ao culto de Júpiter, o vencedor, vieram a Sinar de Babilônia".

Aqui chegamos às primeiras dispersões deste povo hebreu pelo planeta terra, assim como dos próprios babilônios também. Para melhor entendimento, sugiro que leiam o livro de Flávio Josefo, especialmente no CAPÍTULO 6. DESCENDENTES DE NOÉ ATÉ JACÓ. DIVERSOS PAÍSES QUE ELES OCUPARAM.


E vejam também os vídeos abaixo, que podem resumir, complementar ou contradizer algum conteúdo a respeito:

1 - Origem das Civilizações (Fontes)


2 - A origem das Religiões Gobekli Tepe

3 - Nações dos Filhos de Noé;
4 - Magogue e os Cro Magnon;
5 - Tiras e a civilização esquecida;
6 - Meseque e o mistério da cidade subterrânea;
7 - Tubal - O Povo Artesão e a Civilização do Mediterrâneo;
8- Gomer - Pai dos Povos Inventores;
...

Enfim, vejam até o vídeo de nº 25 - Cronologias Bíblicas de Gn. 10-11 X Cronologia Secular.

Abaixo segue um mapa, onde estudos genéticos comprovam que o homem primitivo surgiu na África mas, migrou mais tarde, até alcançar outras regiões do globo, onde encontravam solo fértil. Tudo muito parecido à migração citada por Josefo.

Mapa da hipótese das migrações humanas, baseado no estudo do ADN mitocondrial.
Fonte:https://pt.wikipedia.org/wiki/Haplogrupos_de_ADN_mitocondrial_humano

Finalizo dizendo: eu não posso garantir a veracidade de nada, eu não tive tempo para estruturar uma pesquisa e argumentação sólida, mas, indico estas coisas para que vocês tenham curiosidade e concluam o que quiserem.




Vamos nessa?

Vem e Vê!
                                             
Axé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário