Menu Suspenso

sábado, 6 de fevereiro de 2016

O Tango Argentino é uma música e dança de origem negra.


Falaremos agora sobre o Tango, aquela dança e música muy caliente, de estilo latino, mas, que tem sua origem na cultura negra, dos guetos argentinos. Sim amigos, há negros na Argentina, e falaremos deles na próxima postagem.

Agora fitemos este estilo musical, cuja dança é de uma beleza ímpar. "Tango" é um termo originário das línguas africanas, que inicialmente, designava uma espécie de pequeno tambor africano. Possivelmente o efeito mais duradouro da influência negra na Argentina seja o tango, que estava presente nas tradicionais festividades e cerimônias que os escravos faziam nos chamados tangós, que eram casas onde se reuniam sob permissão dos seus patrões.

O Tango de que falamos é uma música e dança popular que nasceu na área de Rio da Prata, na América do Sul, nas cidades de Buenos Aires e Montevidéu, no final do século XIX; nos guetos, para ser mais específico, nos prostíbulos, onde era dançado por dois homens, razão porque os rostos virados nunca se fitavam. Uma peculiaridade do tango encontra-se em suas letras, ao apresentar a gíria típica de Buenos Aires, chamada de lunfardo.

O Tango evoluiu a partir do candombe africano, do qual herdou o ritmo; da milonga, que inspirou-Ihe a coreografia; e da linha melódica da habanera. A Milonga é um estilo de canto, música e dança tradicional de várias partes da América Latina e da Espanha, derivada da habanera e da guajira cubana e flamenca.

Frisa-se que o tango tradicional surgiu como uma criação anônima dos bairros pobres e marginais de Buenos Aires, tornando-se mundialmente famoso na voz de Carlos Gardel, com composições instrumentais modernizadas por Astor Pìazzolla, mas, seus autores originais eram negros, como o pianista Rosendo Mendizábal, autor de El entrerriano, e Cayetano Silva, compositor da Marcha de San Lorenzo, assim como Zenón Rolón, que escreveu a marcha fúnebre em honra ao libertador José de San Martín, em 1882.

Enfatizamos mais uma vez que, o tango é uma música e dança de origem negra. 

História do Tango

Em seus primórdios, o "Tango era considerado profano, executado por tambores, atabaques e outros instrumentos membranófonos, acompanhado por um bater constante com as palmas das mãos e por um canto sincopado. A dança era sincrônica, frenética, quase um ato sexual. Chamada de 'candombes' dos negros de Buenos Aires, e também de Montevidéu, onde eram eleitos os reis e rainhas das várias 'nações' (etnias) negras". Depois, ocorre um sincretismo de culturas africanas e europeias, com a grande emigração de europeus, de forma que, a música e dança foi como que "contaminada" por outros gêneros musicais, tais como a "habanera" e a "milonga", já citados. O Habanera , como já explicamos, era um ritmo de origem afro-cubana, que foi levado para a Espanha e modificada, retornando à América.O Milonga era um canto e dança da Andaluzia que, nos fins do século XIX, se popularizou nos subúrbios de Montevidéu e Buenos Aires. Ocorre então, uma miscelânea com as danças folclóricas argentinas, incluindo as de rituais religiosos, e neste caso, uma forma dos negros, escravos e libertos, participarem da procissão de 'Corpus Christi'. Anos depois há mais uma transformação, de volta às origens africanas...enfim...a história é longa.


Enfim, finalizamos este tema, deixando a indicação de fontes onde você encontra maiores detalhamentos a respeito da história interessante, desse gênero cultural lindo, que, como já vimos, surgiu nos guetos negros da América do Sul. E lembrem-se que, assim também foi com o Rock, conforme vimos na publicação do dia 26 de outubro de 2015, com o título: “O Rock and Roll foi inventado pelos negros”. Leia também a postagem onde abordaremos a história dos negros na Argentina. Neste ponto perguntamos: Por que nunca ouvimos falar sobre argentinos negros, uma vez que houve uma colonização regada a trabalho escravo no país vizinho, tanto quanto aqui, no Brasil?

Fontes:

O Tango é um tipo musical e uma dança a par, é uma coreografia complexa. Publicação eletrônica disponível em: http://www.williansesirley.com/ws/web/o-tango-e-um-tipo-musical-e-uma-danca-a-par-e-uma-coreografia-complexa/. Acesso em 06 de fev. 2016.

Enrique Santos Discépolo. A História do Tango. Disponível em: http://www.areliquia.com.br/artigos%20anteriores/reliquia_janeiro_2006/tango.htm. Acesso em 06 de fev. 2016.

Wikipédia, a enciclopédia livre. Tango. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Tango. Acesso em 06 de fev. 2016.

História do Tango. Publicação eletrônica. Disponível em: http://www.histoire-tango.fr/histoire danse tango/situation anterieure copie.htm. Acesso em 06 fev.2016. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário