Menu Suspenso

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Imperador Haile Selassie (Rei dos Rastafari)


O Imperador Haile Selassie, nascido Tafari Makonnen Woldemikael (1892-1975), ficou conhecido como Rás Tafari.
                                                   

Selassie foi regente da Etiópia (de 1916 à 1930) e imperador (de 1930 à 1974). Diz-se que Tafari era herdeiro de uma dinastia sagrada, e seria descendente do rei Salomão (filho de Davi, da bíblia) com a Rainha Makeda, conhecida na tradição abraâmica como: a Rainha de Sabá. Essa tradição (para alguns um mito) tem origem no livro Kebra Negast ou Kebra Nagast (Glória dos Reis), que já foi objeto de postagem, em nosso blog, com o título de: " A lendária história da Dinastia salomônica, dos Imperadores da Etiópia", do dia 31 de agosto de 2015. 

Haile Selassie era/é considerado como Deus encarnado, uma representação terrena de Jah (Deus), o retornado messias da Bíblia, entre os adeptos do movimento Rastafari, que conta com aproximadamente 11 ou 15 milhões de adeptos, no mundo inteiro. Os seguidores deste movimento chamam o Selassi de H.I.M., sigla em inglês para: "Sua Majestade Imperial" (His Imperial Majesty). O antigo imperador era Jah Rás Tafári (onde Rás significa: cabeça, príncipe, e Tafari significa: indomável, "da paz"). E o nome Haile Selassie significa, em Ge'ez, "Power of", e Selassie significa: trindade, então, tradução aproximada seria: "Poder da Trindade". Havia outros nomes que o povo utilizava para se referir ao jovem imperador, tais como: Janhoy, Talaqu Meri, e Abba Tekel. 

A avó paterna de Selassi foi Woizero Tenagnework Sahle Selassie, que era uma tia do imperador Menelik II, e filha de Negus Sahle Selassie de Shewa. Por isso, Haile Selassie alegou ascendência direta de Makeda, a rainha de Sabá com o rei Salomão, do antigo Israel. O imperador também era da linhagem Oromo, cujo idioma faz parte do Cushitic, ramo nomeado a partir do personagem bíblico Cushfilho mais velho de Ham, filho de Noé. Cush era irmão de Mizraim (Egito), Canaã (terra de Canaã), e Phut, o pai do personagem bíblico Nimrod. 

O jovem Selassi casou-se com Menen Asfaw de Ambassel, sobrinha do herdeiro do trono Lij Iyasu, que seria deposto por ter se convertido ao islã (chamada reversão). Assim, Tafari que era preterido por facções, foi elevado à categoria de Ras. Agora como príncipe herdeiro, Tafari desenvolveu a política de modernização iniciada por Menelik II. E, em 02 de Novembro de 1930, Haile Selassie seria coroado imperador da Etiópia.


Selassie era conhecido por ser um brilhante orador. Quando Mussolini invadiu a Etiópia, Tafari foi à Liga das Nações, em 1936, fazendo a delegação italiana retirar-se, com arrogantes vaias ao então imperador etíope. Haile Selassie esperou calmamente, e respondeu "majestosamente", com um discurso considerado como um dos mais notáveis do século XX. O imperador denunciou a utilização de armas químicas, pelo exército italiano, contra o povo etíope. Os filhos de Haile Selassi foram mortos. Após a derrota da Itália, em 1941, o imperador aboliu a base jurídica da escravatura em todo o Império e impôs penalidades severas, incluindo a morte, para o comércio de escravos. 

Memorável discurso de Selassie, na Liga das Nações, em 1936:

"Enquanto a filosofia que declara uma raça superior e outra inferior, não for finalmente e permanentemente desacreditada e abandonada; enquanto não deixarem de existir cidadãos de primeira e segunda categoria, de qualquer nação; enquanto a cor da pele de uma pessoa, for mais importante que a cor dos olhos; enquanto não forem garantidos à todos, por igual, os direitos humanos básicos, sem olhar às raças, até esse dia, os sonhos de paz duradoura, cidadania mundial e governo de uma moral internacional irão continuar a ser uma ilusão fugaz, a ser perseguida, mas, nunca alcançada. E igualmente, enquanto os regimes infelizes e ignóbeis, que suprimem os nossos irmãos, em condições subumanas, em Angola, Moçambique e na África do Sul não forem superados e destruídos, enquanto o fanatismo, os preconceitos, a malícia e os interesses desumanos não forem substituídos pela compreensão, tolerância e boa-vontade, enquanto todos os Africanos não se levantarem e falarem como seres livres, iguais aos olhos de todos os homens, como são no Céu, até esse dia, o continente Africano não conhecerá a Paz. Nós, Africanos, iremos lutar, se necessário, e sabemos que iremos vencer, pois somos confiantes na vitória do bem sobre o mal."

Tafari era conclamado como: "Sua Majestade Imperial, Imperador Haile Selassie, Eleito de Deus, Rei dos Reis, Senhor dos Senhores, Leão Conquistador da Tribo de Judá". Mas, seu poder para governar, começou a ser questionado, tanto que, em 1960, enquanto visitava o Brasil, ocorria uma tentativa de golpe em seu país (o golpe foi frustrado). Selassi continuou a ser um forte aliado do Ocidente, e prosseguia com uma firme política de descolonização da África, que ainda estava, em grande parte, sob domínio colonial europeu. Ele presidiu a formação da Organização de Unidade Africana (OUA), e da União Africana (UA). 

Depois de uma série de crises, incluindo a fome, em sua nação, Selassi foi deposto, em 1974, e preso, vindo a morrer em 28 de agosto de 1975. Oficialmente foi dito que ele morreu de complicações de uma operação na próstata, mas, seu médico negou tudo, e rejeitou a versão do governo. Em 1992, os ossos do imperador foram encontrados. Alguns relatórios sugerem que os seus restos mortais estavam debaixo de uma latrina. Em 05 de novembro de 2000, Haile Selassie recebeu um funeral em estilo imperial, mas, com uma significativa parcela do Movimento Rastafari rejeitando o evento, por se recusar aà aceitar que ele havia morrido. 


É reconhecida a influência que Haile Selassie teve sobre o movimento negro, em especial em lideranças do movimento como Martin Luther King e Nelson Mandela. Além disso, Selassie é encarado como um messias, como já dissemos, pelo movimento religioso de origem jamaicana, o rastafarianismo, que sempre confiou em Haile Selassie, para conduzir os negros de volta à África, afinal ele é o Deus Vivo (messias).


O discurso de Selassi, na ONU, serviu de inspiração para a canção "War", que é um dos maiores clássicos do cantor de reggae, e rastafári jamaicano, Bob Marley.





Letra da canção/tradução:

Até que a filosofia, que torna uma raça superior
E outra inferior, seja finalmente permanentemente
Desacreditada e abandonada, haverá guerra
Eu digo guerra

Até que, não existam mais cidadãos
De 1º e 2º classe, em qualquer nação
Até que, a cor da pele de um homem
Não tenha maior significado que, a cor
Dos seus olhos, haverá guerra

Até que, todos os direitos básicos
Sejam igualmente garantidos, para todos,
Sem privilégios de raça, terá guerra

Até esse dia, o sonho da paz final
Da almejada cidadania, e o papel
Da moralidade internacional
Não sera mais que, mera ilusão
a ser percebida e nunca atingida
Por enquanto haverá guerra, guerra

Até que, os ignóbeis e infelizes regimes
Que prendem nossos irmãos em Angola
Em Mozambique, África do Sul escravizada
Não mais existam e sejam destruídos
Haverá guerra, eu disse guerra

Guerra no leste, guerra no oeste
guerra no norte, Guerra no sul
guerra, guerra, rumores de guerra

E até esse dia, o continente africano
conhecerá a paz. Nós africanos lutaremos
Achamos isto necessário e sabemos que devemos ganhar
E estamos confiantes na vitória

O bem sobre o mal, bem sobre o mal
O bem sobre o mal, bem sobre o mal

Canção em: http://www.vagalume.com.br/bob-marley/war-traducao.html#ixzz3mNYquAtF

Fontes:

Wikipédia. Haile Selassi. Disponível em:https://pt.wikipedia.org/wiki/Haile_Selassie. Acesso em 21 de agosto de 2015.

Haile Selassi. Disponível em: http://www.biography.com/people/haile-selassie-i-9325096.Acesso em 21 de agosto de 2015.

2 comentários: